Resenha: Suicidas- Raphael Montes

suicidas-resenha-rebeca-suzana-wordpressSinopse: Um porão, nove jovens e uma Magnum 608. O que poderia ter levado universitários da elite carioca – e aparentemente sem problemas – a participarem de uma roleta-russa? Um ano depois do trágico evento, que terminou de forma violenta e bizarramente misteriosa, uma nova pista, até então mantida em segredo pela polícia, ilumina o nebuloso caso. Sob o comando da delegada Diana Guimarães, as mães desses jovens são reunidas para tentar entender o que realmente aconteceu, e os motivos que levaram seus filhos a cometerem suicídio. Por meio da leitura das anotações feitas por um dos suicidas durante o fatídico episódio, as mães são submersas no turbilhão de momentos que culminaram na morte dos seus filhos. A reunião se dá em clima de tensão absoluta, verdades são ditas sem a falsa piedade das máscaras sociais e, sorrateiramente, algo muito maior começa a se revelar.

 De uns meses para cá vim tendo mais interesse em ler suspense, enredos do tipo thriller policial com uma pitada de análise psicológica. Assistindo ao canal do Luís do Mão no Livro, ele indicava a leitura de Suicidas do Raphael Montes. De pronto fiquei curiosíssima com a história. Naquela mesma semana num passeio pelo shopping, dei uma entradinha na livraria e de cara vi o livro Suicidas. Comprei!!  Comecei a ler uma semana depois e não consegui parar. Que narrativa inteligente!!!

A História é narrada em primeira pessoa por Alê, um adolescente de 19 anos, escritor, que não tem seu trabalho reconhecido, e chega a ser recusado em algumas editoras. Aparentemente sua vida é bem tranquila, Mora com a mãe, tá na faculdade, tem amigos, é um menino bem cabeça feita. Então por que ele é um dos meninos que decide se matar num jogo de roleta russa? Pergunta que me perseguiu e me prendeu ao livro do começo ao fim.

A história é dividida em três momentos: A vida do Alê antes da roleta russa; As cenas dos jovens se suicidando um a um na roleta russa – Presos num porão, sem nenhuma perspectiva de saírem vivos. Adianto que as cenas são pesadas, chegava a me dar uma certa angustia, querendo tirar aquelas criaturas dali de qualquer jeito… O terceiro momento se passa um ano depois com as mães desses jovens sendo interrogadas sobre os possíveis motivos que levaram seus filhos a cometerem aquelas atrocidades. O primeiro e o segundo momento são narrados sobre a perspectiva do Alê, que decide deixar um livro contando tudo que ocorreu antes e durante a roleta russa. Esse livro passa a ser usado como principal foco da investigação.

Garanto que as atrocidades  que acontecem naquele porão vão  deixar qualquer leitor perplexo!! Durante a roleta russa vão se destrinchando os motivos que levaram cada um daqueles jovens a está ali, e vamos descobrindo muita coisa suja por trás daqueles moleques… Não me simpatizei por nenhum personagem. Nem mesmo o Alê… E acho que isso é proposital por parte do Raphael Montes. Até para que o final da história seja bem aceito pelos leitores. Mas não pense que isso abala o fato do livro ser sensacional!!

Antes mesmo de começar a ler eu já sabia que adoraria o livro… Fui apresentada ao Raphael Montes mês passado quando li   O Vilarejo , que já tem resenha aqui no blog, virei fã do garoto! Pesquisando sobre o processo de escrita de Suicidas descobri que o Raphael começou a escrever esse livro com 16 anos e terminou com 19 anos, o que me deixou mais impressionada, principalmente pela capacidade desse menino de estruturar a história da forma que ele fez e, no final, ele ainda tira um sarro com nossa cara, que é demais!! Muito inteligente a construção da história!!

Suicidas foi finalista do Prêmio Benvirá de Literatura, em 2010, do Prêmio Machado de Assis, em 2012, e do Prêmio São Paulo de Literatura, em 2013. Foi muito elogiado pelo também escritor de suspense, o Americano Scott Turow. E foi vendido para o cinema e logo logo teremos filme!!

É, sem dúvidas, um livro que super indico!! 

Espero que tenham gostado! Boa leitura e até a próxima!!

Ficha técinica:

Livro: Suicidas

Autor: Raphael Montes

Editora: Companhia das Letras

Páginas: 430

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s